Publicidade

Disneyland Paris no inverno e com neve


21/mar/2017 | Anielle Casagrande | # | Comente!

Estive na Disney de Paris agora no comecinho do ano com minha mãe e avó e decidi escrever um texto aqui porque muitas pessoas me perguntam como foi fazer essa viagem no inverno e especialmente com neve!

Chegando na Disneyland Paris

A viagem foi muito tranquila, pegamos um TGV da Alemanha para Paris, com assentos reservados, e de lá um trem RER A para a Disney na estação Châtelet Les Halles, perto da Gare de l’Est. O bilhete individual custa 7.60 EUR e na estação basta seguir as placas que você chegará certinho. Basta conferir que a luz amarela esteja acesa onde diz Disneyland, para saber em qual trem embarcar, pois nem todos vão para lá! Até a Disney são 40 minutos em que você começa deslizando na escuridão e logo o trem sobe para a superfície e é possível admirar o subúrbio parisiense!

Chegando na Disney, se você veio apenas passar o dia, deixe suas malas nos guarda-volumes da estação e corra para o parque. Se você tem reserva para hotel, informe-se sobre o shuttle gratuito (ônibus) e use-o para ir até lá. Lembrando que o hotel Disney’s Davy Crockett Ranch não oferece shuttle. No hotel, faça o check in, informe-se sobre os horários e regras e apenas deixe suas malas no quarto para ir correndo ao parque, novamente com shuttle! Só não esqueça os bilhetes!

Antes de chegar recomendo entrar no site ou olhar pelo app os horários de abertura e fechamento dos dois parques, além da listinha de atrações fechadas. E na entrada do parque não deixe de pegar os folhetos para saber os horários das atrações, como desfiles e fotos com personagens. Outra dica é deixar as malas no guarda-volumes do hotel bem cedinho no último dia, após entregar as chaves do quarto, e curtir o parque.

Eu fiquei no Hotel Santa Fé e adorei. Ele é muito bonito e bem cuidado. O quarto era uma fofura só e tinha banheira, que eu amo. Tudo muito fofinho e decorado no tema do filme Carros. Amei especialmente que quando anoitece eles acendem luzes no topo dos predinhos, que formam desenhos do filme. Quando acordávamos de manhã e ainda estava escuro, as luzes ainda estavam acesas. Muito fofo! O atendimento foi o ponto alto; fomos muito bem atendidas e a comida era fantástica. Comi um tal bolo basco que não consigo esquecer: era feito de amêndoas e bem úmido. O valor que pagamos foi 230 euros por pessoa, por três dias de parque e duas noites no hotel, em quarto com duas camas de casal, com vale-café da manhã, vale-buffet e um vale-lanche por dia.

tgv-paris-disney

Até os frios no Hotel Santa Fe são servidos em um caminhãozinho!

Até os frios no Hotel Santa Fe são servidos em um caminhãozinho!

hotel-santafe-paris-disneyland

isney-paris-hotel-santafe-cafe-da-manha

hotel-carros-disney-paris

hotel-santafe-luzes

Bom dia!

Frio e neve

Pegamos bastante neve no primeiro dia, que foi um pouco chato porque estava caindo muita e com muita força. Logo nossos cabelos e toucas estavam molhados. Porém, como neste dia fomos no parque Walt Disney Studios, acabou que foram poucos momentos em que ficamos ao ar livre, pois a maioria das atrações acabam sendo no coberto. Nos outros dias, quando fomos ao Disneyland Park, já não estava mais nevando. UFA! Curiosidade: nos dias em que não estava nevando percebi que eram disparados jatos de neve falsa feita com espuma a cada hora, mantendo o mágico clima de natal e inverno. Amei isso!

Sobre o frio, preciso confessar que acabou sendo uma barra, mas não sempre. Estávamos sempre andando, o que ajudava a esquentar. E maior parte do tempo ficamos em locais cobertos, mesmo nas filas. O que pegou mesmo foram os desfiles. No segundo dia planejei de vermos todos desfiles da tarde até a noite um atrás do outro, e como eram muitas horas, foi de lascar. Apesar de lindo, claro. A dica é você planejar ver poucos desfiles seguidos, e por favor, corra para brinquedos cobertos nesse meio tempo. O bom é que os brinquedos ficam mais vazios enquanto acontecem os desfiles. Não recomendo de forma alguma a loucura que eu fiz de ver um desfile após o outro por horas a fio!

Uma super dica é ir bem agasalhado. Eu fui com bota de neve, cachecol, meia de pelúcia, jaqueta que fechava totalmente, luvas e touca. E adivinha? Sentia frio no peito, porque meu cachecol não tampava totalmente a pele e era de material muito fino. O bom é que você pode comprar um cachecol e todo resto lá se quiser, que foi o que fiz. O cachecol que comprei na verdade é uma gola rosa infantil da Minnie, e olha, fechou totalmente meu peito! Se não tiver uma boa bota de neve, vale a pena considerar comprar uma. Outra dica é levar jaqueta de chuva, porque rebate bem o vento, neve e chuva. Vi também muitas pessoas que desfilavam pelo parque enroladas nas cobertas vendidas lá. Achei engraçado e morri de inveja!

disney-paris-no-inverno-janeiro

Gola da Minnie que salvou minha vida

Se alguém te disse que a Disney fica vazia e que metade dos brinquedos fecham no inverno, apenas não acredite. De forma alguma. Isso depende muito da data, então se quiser mesmo um pouco de sossego confira no calendário francês quando acabam as férias escolares. Ambos os parques estavam extremamente lotados quando fui, de 2 a 4 de janeiro. Sobre os brinquedos, não é bem assim. Poucos brinquedos fecham para reforma no inverno, mas é tudo avisado antes pelo site e pelo app. Quando eu estive lá, apenas a casa mal assombrada e mais alguns estavam fechados, ou seja, não mudou em nada nosso passeio.

Outra coisa que é meio óbvia mas preciso dizer, é que por ser inverno os horários de amanhecer e anoitecer são bem sinistros. Prepare-se para chegar ao café da manhã às 7h30 totalmente no escuro e ver o sol nascer só quando já estiver no parque. E pior: poucas horas após o almoço já estará escurecendo de novo. Claro que tudo isso é pensado na Disney, e eles mantêm o ambiente muito bem iluminado e repleto de banquinhas de café e chocolate quente. Na saída do parque tem até quentão!

disney-paris-inverno-neve

disney-paris-janeiro-inverno

disneylan-paris-com-neve

Pacote promocional de inverno

Fique atento às promoções no site ou agência de turismo para pegar um pacote com a chamada meia pensão, em que você paga café da manhã e ganha vale-buffet. Isso além do vale-lanche, ou seja, você recebe café da manhã, vale-lanche e vale-buffet, por dia, por pessoa, todos com bebida. Esse buffet deve ser agendado antes e vale para qualquer horário, podendo ser almoço ou janta. Existe uma lista de restaurantes em que podem ser usados os vales. Meu local favorito foi o Billy Bob’s Country Western Saloon no horário da janta, uma loucura o buffet! Além de não valer para todos os dias, esse pacotes também não valem para todos os hotéis. Nós mudamos a data de nossa viagem para aproveitar o pacote com vales e não nos arrependemos.

Só cuidado com os horários que for comer para não pegar filas muito gigantes. Claro que as filas para comer no hotel são muito menores que as dos parques. Preciso ressaltar também que todos restaurantes da Disney, buffet ou não, ofereciam ótimas refeições vegetarianas. Muitos tinham sanduíches que eram uma delícia.

Outra dica é procurar pacotes com Magic Hours, que é um extra da Disney para quem fica nos hotéis oficiais e tem direito a entrar nos parques duas horas antes do resto do público. Com isso, é menos gente para bater foto com os personagens, por exemplo. Só lembre que vai estar bem escuro e frio antes do horário comum. Lembre de conferir no app ou no site o horário de abertura e fechamento do parque durante sua visita, dia a dia. Em todos os dias que fiquei, os horários variaram.

#

Novidades por e-mail

Receba textos novos por e-mail


Publicidade
^
subir
anicasagrande.com.br